Paixão Goiana – Jorge e Mateus

Publicado: julho 22, 2010 em Jorge e Mateus, Nacional

Não tem base e nem quantia,
Não tem dia nem semana,
Para eu cair nos braços da minha paixão goiana.

Em Trindade conheci, um encanto de menina,
Nascida em Goiatuba, criada em Pontalina,
Ao me apaixonar por ela, foi grande meu desengano,
Vencido pela saudade, procurei em todas as cidades,
Do Centro-oeste Goiano.

Não tem base e nem quantia
Não tem dia nem semana
Para eu cair nos braços da minha paixão goiana.

Procurei minha paixão, na querida Itajá,
Em Mineiros e Caçu, Bom Jesus e Iporá,
Rio Verde e Jataí, Doverlândia e Caiapônia,
Do saudoso Paulo Lopes, Santa Helena e Quirinópolis,
Aragarças e Britânia.

Não tem base e nem quantia,
Não tem dia nem semana,
Para eu cair nos braços da minha paixão goiana.

Procurei em Aporé, em Itarumã passei,
Em Jussara ouvi notícias, dos olhos que eu adorei,
Em Bom Jardim terminou, o meu roteiro tirano,
E voltei para Itumbiara, trazendo a jóia mais rara,
Do Centro-oeste Goiano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s