O Que Hoje Você Vê – Fresno

Publicado: outubro 14, 2008 em Fresno, Nacional

Quando ele passa ninguém vê
Quando ele fala não se ouviu
Mesmo que o sol tente aquecer
lá dentro dele está tão frio

Ele tem tanto a dizer
Ninguém se dispõe a ouvir
Todos se importam em não ver
Tentam fazê-lo desistir

(Não)

E hoje ele está
tentando implantar
memórias de um passado que não é real
pra amenizar
a dor de aceitar
que, tudo que ele fez pra ser alguém normal,
não serviu

E não há nada ou ninguém
que diga que ele é assim
Por fora, tudo está tão bem
Por dentro, o choro não tem fim

E você nem pensou
em falar, nem ao menos
sorriu quando ele te olhou
e sorriu pra você

Tudo bem, você tinha
apenas 10 anos
Mas saiba que isso causou
o que hoje você vê
aqui

E hoje ele está
tentando implantar
memórias de um passado que não é real
pra amenizar
a dor de aceitar
que, tudo que ele fez pra ser alguém normal,
não serviu

E se eu te falar que ele sou eu?
E se eu confessar que dói demais
saber que tudo aconteceu
e não poder voltar atrás?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s